Em 2009, quando fundamos a Plataformatec, havia muita incerteza e desafios pela frente. Por outro lado havia pontos claros para nós fundadores, principalmente quando o assunto eram as contratações do nosso time. Era unânime que não contrataríamos “recursos” e sim pessoas com as quais nós teríamos prazer e confiança em trabalhar juntos. Afinal de contas, o nosso modelo de negócios sempre foi lastreado na construção da nossa marca através da qualidade dos serviços que prestamos. Sendo assim, faz total sentido investir nossos esforços na retenção e desenvolvimento do nosso time.

Quatro anos depois aqui estamos, com um considerável histórico de projetos bem sucedidos e algo que consideramos muito valioso: o nosso Time. Quem conhece um pouco sobre empresas de “Outsourcing de TI” sabe que o turnover é altíssimo, mais que o triplo da média de outros setores. Honestamente, é uma lógica que nunca entendemos. Aqui na Plataformatec, não tivemos nenhum desligamento em 2012 e em nossos quatro anos de existência, somente um dos nossos engenheiros optou em sair da Plataformatec (aliás, ele é um grande amigo nosso e sempre que está no Brasil aparece para comer uma pizza conosco). Já houve pessoas que nos perguntaram qual é a mágica. A resposta é óbvia: não tem mágica. Nós somente convidamos pessoas a juntarem-se ao nosso time quando sentimos que há um grande fit cultural.

Plataformatec_team

Portanto se você acredita em colaboração, tem alta capacidade de aprendizado e tem vontade de trabalhar com um time com histórico de sucesso comprovado, continue lendo. Você pode ser o próximo integrante do nosso time. :)

Como participar do processo seletivo
Para participar do processo seletivo visite http://plataformatec.com.br/careers ou também veja http://www.facebook.com/plataformatec.com.br para conhecer mais sobre o nosso time.

Vagas abertas
Estamos à procura de:

  • Desenvolvedores de Software (Ruby e Rails)
  • Front-end Developers
  • Scrum Masters / Gerente de Projetos
  • Business Analysts (extração de requisitos)

Requisitos para candidatar-se (todas as vagas)

Para qualquer uma das vagas:
- Inglês Intermediário
- Local de trabalho: São Paulo, bairro Vila Madalena
- Pelo menos um ano de experiência na sua área

Requisitos complementares para candidatos a Desenvolvedores de Software
- Background em programação orientada a objetos
- Pelo menos um ano de experiência com desenvolvimento de aplicativos web em qualquer linguagem
- Pelo menos seis meses de experiência com Ruby e Rails
- OS Linux ou Mac
Mesmo que você não tenha todos os requisitos acima, mas realmente quer trabalhar conosco e ama programação, você está convidado a participar do nosso processo seletivo.

Estamos esperando por você!

Processo seletivo - http://plataformatec.com.br/careers
Facebook page - http://www.facebook.com/plataformatec.com.br.

[curiosidade] No blog post de dois anos atrás ainda dava para enxergar o sofá nas fotos. :)

We cannot express how excited we are with such great news. In our last blog post we were celebrating Rafael’s achievement and just a few months later we are celebrating again. Years ago, having three Plataformatec teammates as Rails Core members would be something we’d only dream of, but in 2012 it became reality. I must say that it didn’t happen by chance, not at all.

Carlos Antonio da Silva Rails Core team member

@cantoniodasilva

Carlos has always been an outstanding software developer and a great teammate. He is someone we all deeply trust to solve hard problems and deliver mission critical projects. We’ve always watched Carlos working really hard and we must say that he deserved every bit of such achievement. You can check out his contributions into many other open source projects at http://github.com/carlosantoniodasilva

Kudos to our friend @cantoniodasilva!!! :D

 

Last May we happily announced that Rafael França and Carlos Antonio earned commit access to the Ruby on Rails repository – it was a great accomplishment that deserved its own blog post. Today, we have some great news and we want to share with our readers. Just a few days ago, our team mate Rafael França (@rafaelfranca) received an invitation to join the Rails Core Team. And, of course, he accepted!

Rafael contributed to different features coming up in the next Rails 4 release and worked extensively with other Rails contributors to smash bugs and provide many improvements to the framework. I am personally happy to have a friend joining me in the Rails Core Team.

Furthermore, Rafael França’s contributions go beyond Rails. Lately he has also contributed to many other open source projects, like Mongoid, Janky and Dalli besides Plataformatec’s own projects like Devise, Simple Form and Elixir.

Rafael, congratulations! :D

From all your friends at Plataformatec.

It is common for web applications to interface with external services. When testing, since depending on an external service is very fragile, we end up mocking the interaction with such services. However, once in a while, it is still a good idea to check if the contract between your application and the service is still valid.

For example, this week we had to interact with a SOAP service, let’s call it KittenInfo (why would someone provide kitten information via a SOAP service is beyond the scope of this blog post). We only need to contact one end-point of the KittenInfo and it is called get_details, which receives a kitten identifier and returns kitten information:

KittenInfo::Client.new.get_details("gorbypuff")

Since this API is simple, it is very easy to mock the client whenever it is required by our application. On the other hand, we still need to verify that the integration between KittenInfo SOAP service and our application works correctly, so we write some tests for it:

describe KittenInfo::Client do
  it "retrieves kitten details" do
    client  = KittenInfo::Client.new
    details = client.get_details("gorbypuff")
    details[:owner].should == "tenderlove"
  end
end

However, since this is actually contacting the SOAP Service, it may make your test suite more fragile and slower, even more in this case, in which the SOAP Service responses take as long as kitten’s staring contests.

One possible solution to this problem is to make use of filter tags to exclude the SOAP integration tests from running, except when explicitly desired. We could do this by simply setting:

describe KittenInfo::Client, external: true do
  # ...
end

Then, in your spec_helper.rb, just set:

RSpec.configure do |config|
  config.filter_run_excluding external: true
end

Now, running your specs will by default skip all groups that have :external set to true. Whenever you tweak the client, or in your builds, you can run those specific tests with:

$ rspec --tag external

Notice that filter mechanism is similar to how we enable JavaScript tests when using Capybara. This means that, when using Capybara, you could also run all JavaScript tests in your app via $ rspec --tag js or all non-JavaScript tests with $ rspec --tag ~js.

What about you? What is your favorite RSpec trick?

Primeiramente, gostaríamos de enviar nossos sinceros agradecimentos aos elogios e comentários sobre as nossas palestras e adesivos durante a RubyConf. Foi muito bacana receber o feedback de todos vocês. Em nome de todo time da Plataformatec, agradeço pelo reconhecimento do nosso esforço e trabalho.

Foi também durante a RubyConf que lançamos o nosso primeiro curso online de Ruby on Rails em parceria com a Caelum. Trabalhar com eles foi uma experiência muito legal. Nos dedicamos bastante mas, ao mesmo tempo, foi muito divertido.

Curso online de Ruby on Rails - Plataformatec e Caelum

http://rubyonrailsonline.com.br/

E é com muita empolgação que nós estamos fazendo o pré-lançamento do nosso segundo curso hoje!

Público alvo dos dois cursos:

- O público alvo dos dois cursos são desenvolvedores que estão iniciando em Ruby on Rails mas que já possuem algum conhecimento em desenvolvimento web.

Fiquem a vontade para comentar e enviar qualquer feedback pelos comentários. Esperamos que vocês gostem. :D

Nos dias 30 e 31 de Agosto de 2012, aconteceu o maior evento de Ruby da América Latina: a RubyConf Brasil, e a Plataformatec marcou presença com palestras e lightning talks. O evento foi um sucesso, com mais de 750 participantes durante a conferência, e mais de 500 pessoas assistindo o evento online através do site da Eventials.

Plataformatec Team

Abaixo você pode ver os temas, com links para os slides e vídeos:

Palestras

Vamos falar sobre Concorrência

Por José Valim. Confira o vídeo.

Escrevendo Aplicações Melhores com Active Model

Por Carlos Antonio. Confira o vídeo.

Conhecendo as Entranhas do Rails

Por Rafael França. Confira o vídeo.

Lightning Talks

Contribuindo para o Rails

Por Carlos Galdino.

I18nAlchemy

Por Lucas Mazza.

Copyright, Licenças Open Source e você!

Por George Guimarães.

Confira o vídeo das Lightning Talks.

Sinta-se à vontade para ver e rever os slides e vídeos das palestras, e nos passar seu feedback através dos comentários. Não deixe também de conferir as outras palestras disponíveis, e se você escreveu um post sobre o evento em seu blog, adoraríamos ver um comentário com um link compartilhando seu post.

Gostaríamos também de agradecer e parabenizar o Fábio Akita e a Locaweb pela ótima organização e alta qualidade do evento, tudo funcionou perfeitamente para que todos pudessem aproveitar ao máximo a conferência.

E nos vemos na RubyConf Brasil 2013!