6 dicas para mandar bem no código do processo seletivo da Plataformatec

Etapa: Show me the code

Atenção desenvolvedoras e desenvolvedores, tenho uma ótima notícia. Estamos com vagas abertas na Plataformatec!

Não estamos procurando “ninjas” ou “rockstars”. Procuramos pessoas responsáveis, que busquem sempre melhorar suas habilidades em desenvolvimento e gostem de trabalhar com autonomia.

Para fazer parte do nosso time, você precisará ser aprovado em nosso processo seletivo. Hoje ele é composto por 5 etapas:

  • Bate papo inicial
  • Entrevista técnica
  • Show me the code
  • Pair Programming
  • Proposta Financeira
  • No Bate papo inicial, o objetivo é conhecermos melhor os candidatos e apresentarmos quem nós somos; a Entrevista técnica tem por meta avaliar o conhecimento sobre desenvolvimento web (em especial, utilizando Ruby e Rails); já na etapa de Show me the code queremos ver seu código; no Pair programming avaliamos como os candidatos pensam e se portam ao escreverem seu código. E finalmente, com todas essas informações em mãos, conseguimos fazer a Proposta financeira.

    O objetivo desse post é dar dicas sobre como ir bem na terceira etapa. Como já mencionado, a etapa Show me the code é o momento que as candidatas ou os candidatos têm para demonstrarem na prática o conhecimento avaliado durante a Entrevista técnica. A pessoa precisará desenvolver um aplicativo web de escopo reduzido que deve ser feito no prazo de uma semana.

    Depois de entregue, o aplicativo será revisado por nosso time que buscará as boas práticas de desenvolvimento.

    Vou citar algumas dicas que podem te ajudar a escrever um código com mais confiança e atingir um bom resultado:

    • Familiarize-se com a ferramenta
    • Comunique-se
    • Reflita sobre a segurança
    • Busque a simplicidade
    • Valorize seu frontend
    • Dê atenção a usabilidade

    Familiarize-se com a ferramenta

    Somos uma consultoria de Ruby e Ruby On Rails e esperamos que o candidato tenha familiaridade com a tecnologia. Mesmo que você venha de outra linguagem, esperamos que você saiba desenvolver usando as funcionalidades mais comuns do framework. Recomendo ler Ruby On Rails Guides e fazer o tutorial do livro online Ruby On Rails Tutorial.

    Comunique-se

    Comunicação é muito importante para o nosso time. Durante o desenvolvimento, pense nas pessoas que vão revisar seu aplicativo e testá-lo. Pense nelas como se elas estivessem trabalhando junto com você. Valorize suas mensagens de commit, diga o quê e o porquê das mudanças. Uma boa ferramenta de consulta é o GitHub, inspire-se em projetos open source que você gosta.

    Reflita sobre a segurança

    Um app seguro é essencial para os usuários e conta como pontos positivos. Dê uma lida no guide sobre segurança do Ruby on Rails e certifique-se se as actions do seu controller estão com as permissões corretas.

    Busque a simplicidade

    Sabemos que o tempo para produzir o código para nossa revisão é curto, mas o escopo também não é grande. Portanto, tente não se complicar adicionando muita complexidade. Não deixe de mostrar seus pontos fortes, porém o faça de maneira simples. Por exemplo, se você não domina muito Javascript, não precisa fazer uma single page app, com um framework grande de frontend, integrado com backend Rails conectado em diversos microserviços. Faça o simples que vai dar tudo certo.

    Valorize seu frontend

    Nosso foco é desenvolvimento web, portanto conhecimento de HTML, CSS e Javascript são muito importantes. Esperamos que o mesmo carinho que você tem no seu código Ruby tenha também no seu código de frontend.

    Se você manja de HTML e CSS, aproveite essa chance. Como muitas pessoas acabam escolhendo utilizar Bootstrap, essa é a oportunidade de mostrar seu diferencial.

    Dê atenção a Usabilidade

    Pense nos usuários que vão usar o aplicativo que você fez. Como a pessoa irá navegar e fazer as tarefas? Está intuitivo? É bom repassar os fluxos da aplicação manualmente para ter certeza de que as pessoas que usarem o aplicativo não irão encontrar erros ou ficarão perdidas.

    Vale lembrar ainda que, pelo sim ou pelo não, sempre te daremos um feedback. Se por algum motivo você não for aprovada(o), te enviaremos uma lista com os pontos onde você poderia ter ido melhor e as respectivas recomendações de estudo. Trabalhe esses pontos e, quando julgar que conseguiu evoluir, se candidate novamente no nosso processo seletivo. Por curiosidade, algumas pessoas do nosso time participaram do processo seletivo mais de uma vez. Se você for aprovada(o), prometemos muitos desafios e aprendizado.

    Para saber mais como serão seus primeiros meses de trabalho, indico dois posts para você: One year working at plataformatec (escrito também por mim) e What I have learned in my first three months at plataformatec (escrito por Igor Florian).

    Espero que tenha gostado dessas dicas. Se você gostou e acha que elas se relacionam com a maneira que você gosta de trabalhar, inscreva-se no nosso processo seletivo.

    Para outras dicas de como mandar bem no desenvolvimento de software, recomendo também dar uma olhada nas palestras Learn From My Mistakes da Flavia Fortes e 10 Coisas Que Eu Gostaria de Ter aprendido Mais Cedo do Lucas Mazza.

    Espero ver seu código em breve 😉

    Participar do processo seletivo

    Quer receber mais informações sobre nossas vagas, inscreva-se em nossa mailing list.
    Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

    Comments are closed.